Mailing de Imprensa: O que é e como criar?

Blog, Notícias 25 de março de 2022
Beautiful young girl writing in notebook. Over white background

Por Paula Moraes

Em algum momento você parou para pensar na importância de um mailing de imprensa para disparar releases? 

Essa ferramenta quando utilizada de forma correta, pode sim proporcionar excelentes resultados.

Contudo, um mailing é tão importante quanto o release.

Por ser uma ferramenta fundamental para o trabalho de assessoria de imprensa, isso porque conta com dados de jornalistas. 

Um bom mailing fará com que a sua notícia esteja sempre na frente. 

Continue a leitura e saiba como!

O que é um mailing de imprensa

Um mailing de imprensa é uma junção de endereços de emails.

Utilizados para disparar releases, email marketing e todos os assuntos para vários usuários ao mesmo tempo. 

Essa lista carrega informações necessárias dos jornalistas que você precisa ter contato.

Entretanto, é através do mailing de imprensa que as assessorias de imprensa conseguem segmentar os contatos, antes de divulgar algo na mídia. 

Pode ser considerada uma das ferramentas mais poderosas da assessoria.

Pois é através dela que o profissional consegue direcionar as suas divulgações de mídia.

Como utilizar um mailing de imprensa

O mailing nada mais é do que um representante da sua lista de contatos para enviar email, aumentando ainda mais a precisão das suas mensagens. 

Quando bem utilizado pode-se criar conteúdos personalizados para clientes, leads, prospects e aquele consumidor que não compra nada com você há bastante tempo.

Algumas dicas ajudam na hora de utilizar um mailing de imprensa corretamente:

  • Ter uma boa ferramenta;
  • Criar conteúdos relevantes;
  • Oferecer materiais sem custo (gratuitos);
  • Apostar na segmentação;
  • Ter histórico de compras;
  • Personalizar e-mails;
  • Incentivar engajamentos.

Principais dados para montar um mailing de imprensa

A ferramenta de mailing é uma importante aliada para qualquer assessor de imprensa, sendo indispensáveis um para o outro. 

Além disso, trata-se de um compilado de informações sobre jornalistas

Os dados necessários para montar um mailing de imprensa são:

  • Nome;
  • Veículo;
  • Telefone;
  • Endereço de e-mail;
  • Editoria de atuação.

Esses dados são utilizados para envio dos releases para pessoas estratégicas da empresa. 

Além disso, auxiliam para a criação de um plano de marketing

Um guia que serve para nortear as ações do setor, sempre com a missão de alcançar os objetivos propostos e colaborar para o crescimento da empresa.

Ou seja, um documento com estratégias de marketing a serem utilizadas durante um determinado período.

Como criar um mailing de imprensa:

Criar um mailing de imprensa necessita do tipo de mídia que o veículo pertence.

Além de nome, e-mail e telefone do jornalista, que em sua maioria será o contato da redação.

Busque essas informações nas redes sociais e LinkedIn e não tenha medo de iniciar o contato.

Entenda qual a estratégia de divulgação e quem você quer impactar, o trabalho precisa dar certo e o jornalista tem que querer comprar a sua ideia. 

Veja a seguir alguns passos para criar um mailing de imprensa:

#1 Estude os veículos e jornalistas

Os meios de comunicação são responsáveis por fornecerem informações para todos, aproveitando uma maneira de se manter informado sobre assuntos da atualidade. 

É através da imprensa que tomamos conhecimento sobre o que vem acontecendo, e também de todos os assuntos.

#2 Elabore pautas específicas para cada veículo e jornalista

A pauta deve seguir o estilo do veículo e do jornalista, para evitar informações divergentes e até erradas. 

Se o seu veículo for de culinária, por exemplo, a sua pauta precisa seguir essa temática. 

Essa pauta é a responsável por desenhar o que deve acontecer, e as orientações para o repórter poder executar seu trabalho com êxito.

#3 Envie as pautas para os mailings segmentados

Um mailing segmentado, é uma base de dados com informações detalhadas de empresas.

Acompanhadas de e-mail, telefone, CNPJ, endereço e demais informações que possam ser relevantes. 

Além de segmentar os mailings, use estrategicamente o follow up, indispensáveis para poder fazer negócio nos próximos anos, aumentando a chance de fechar novos negócios.

#4 Identifique as datas e horários adequados

É indicado que os mailings sejam enviados à noite e sempre durante a semana.

Isso porque, mesmo que a maioria dos e-mails sejam enviados entre as 8h e 12h pela manhã, as taxas de engajamento mais altas ocorrem entre às 20h e a meia noite.

#5 Atualize constantemente os contatos

Atualizar os contatos, é uma garantia de que as mensagens irão chegar ao destinatário certo, os deixando sempre informados. 

As empresas devem sim, se preocuparem com as atualizações cadastrais, garantindo uma maior proximidade entre mailing e imprensa.

Ademais, o mailing de imprensa é fundamental para todo e qualquer trabalho de uma comunicação corporativa.

Sendo a principal ferramenta na hora de conectar o mercado com as redações. 

Isso faz com que a segmentação na lista, na hora de enviar releases, seja essencial para potencializar as vendas de pautas.

Se você quer saber mais sobre esse e outros assuntos, acesse o InformaMídia

Há mais de 10 anos deixando clientes satisfeitos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *