Como fazer o investidor escolher a sua franquia?

Blog, InformaMídia, Notícias 12 de fevereiro de 2019
Fonte: Serasa Empreendedor

Fonte: Serasa Empreendedor

Por Marília Cardoso

O setor de franquias é um dos segmentos mais seguros para se investir no Brasil. Mesmo tendo enfrentado dois anos particularmente difíceis, entre 2016 e 2017, o mercado retomou seu crescimento em 2018, e segue para 2019 com perspectivas extremamente otimistas.

O relatório da ABF – Associação Brasileira de Franchising, mostra que o terceiro trimestre de 2018 apresentou um crescimento de 6,3% no faturamento do setor, com relação ao mesmo período do ano anterior. Foram atingidos mais de R$ 44 bi, só no período. O dado acumulado dos 12 meses anteriores mostrou que o crescimento total  do ano foi de 7%, atingindo mais de R$ 170 bi.

Para 2019, espera-se um faturamento crescente entre 8% e 10%, além de um aumento de 5% a 6% na abertura de novas unidades e de 1% na abertura de novas redes. Serão cerca de 5% de aumento em empregos do setor. Apesar das boas previsões, franqueadores de todos os setores estão enfrentando um grande problema: o aumento da concorrência.

Cerca de dez anos atrás, o número de redes era bem menor. Atualmente, são mais de 2.800 redes nos mais variados segmentos. Em meio a tantas opções, os investidores ficam ainda mais disputados e, a pergunta que todo franqueado se faz é: como fazer com que ele escolha a minha marca?.

Além de apostar em diferenciais exclusivos, o franqueador precisa investir na divulgação de sua rede. Um investidor qualificado se cerca de muitas informações. Por isso, a marca precisa investir no relacionamento com a imprensa, buscando mais visibilidade para o negócio.

A assessoria de imprensa é uma solução para levar a mensagem da empresa até o potencial franqueado por meio de reportagens, com viés editorial e não publicitário. O diferencial está em ter um investimento fixo mensal, muito abaixo dos que os valores ligados à publicidade. Outro aspecto crucial é a credibilidade. Como o espaço não é pago, a empresa precisa realmente ter atrativos para chamar a atenção dos jornalistas.

A construção desse relacionamento com a mídia faz com que a rede comece a ser mais lembrada, despertando assim maior interesse por parte dos investidores. Além disso, o trabalho também busca dialogar com o consumidor final, trazendo mais clientes para as unidades e satisfação aos franqueados. Dessa forma, o serviço se mostra uma ferramenta indispensável tanto no apoio às ações de expansão quanto na atração e retenção de clientes. Franquia que quer crescer precisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>