Como fazer comunicação digital no ponto de venda?

Officina di Trade 16 de setembro de 2014

Por Marcelo Murin

murinPara que serve a comunicação digital num ponto de venda? Sabemos já de longa data, que apesar do negócio principal do varejo ser a compra e a venda de produtos ao shopper, existem outras formas de se fazer dinheiro dentro de qualquer loja varejista. Afinal, o ponto de venda é também um “ponto de comunicação” ao shopper e o varejista precisa aproveitar isso.

Em todo processo de negociação entre o varejo e a indústria para a venda de produtos, também entra na pauta do planejamento e execução, a aquisição de pontos extras nas lojas, espaços nos tabloides promocionais, comunicação das marcas dentro das lojas, entre outros. E obviamente que todos estes itens ajudam a trazer uma boa receita ao negócio do varejo, além de seu “core business”, citado acima.

E onde entra a comunicação digital nessa história toda? Não preciso nem dizer que no mundo atual, tecnologia, interatividade e consumidor andam de mãos dadas, portanto está é uma excelente oportunidade para o varejo potencializar seus ganhos, tanto através de seus fornecedores como também com seus clientes. Ferramentas de comunicação digital hoje em dia, estão muito bem desenvolvidas, onde se é possível ter uma comunicação dirigida para cada PDV, e com atualização remota em tempo real.

Sim, a loja pode usar uma ferramenta de comunicação digital para prestar um serviço “educativo” ao shopper; vender um espaço publicitário a diversos tipos de anunciantes, divulgar ações promocionais diversas, fazer atividades instantâneas, prestar serviços interativos ao shopper e várias outras coisas, bastando ser criativo.

Acredito que a grande questão seja como atrair o interesse do shopper, em um ambiente onde o mesmo já é muito impactado visualmente, e normalmente tem pouco tempo para realizar suas compras. Na minha opinião existem duas palavras chaves para isso: inovação e interatividade.

Como citei anteriormente, já existe hoje em dia formas de se comunicar com o shopper dentro do PDV de forma cada vez mais dirigida, e também trocar informações com o mesmo. A interatividade pode ainda proporcionar ao varejista a obtenção de informações de extrema relevância no conhecimento de seus clientes, e com isso retroalimentar campanhas e ações de aceleração do sell-out. Com relação a inovação, deixo a questão para os criativos, afinal quantas formas novas de comunicação no PDV já não existem por aí, mundo afora?

O desafio aqui é encontrar a forma mais eficiente de falar com seu cliente através de uma ferramenta que certamente também irá trazer benefícios tanto para o shopper como para a indústria e varejo. Pensem nisto com mais atenção e façam experiências. Tenho certeza que os resultados serão positivos.

Marcelo Murin é administrador de empresas com especialização em marketing e sócio-fundador da Officina di Trade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>