Blog

A volta da Bravo! e a hora do jornalista sommelier

Por Janaína Almeida

Sem títuloMudança. A palavra da vez – ou seria do século? – para o jornalismo. Com a constante e acentuada decadência sofrida pelas grandes mídias nos últimos anos, não existe uma escolha, é mudança ou morte. Contudo, uma não exclui a outra. Um bom exemplo é o retorno da revista Bravo! ao mercado editorial, depois de ter encerrado suas atividades há três anos.

Heineken: Como construir uma Love Brand?

size_590_heineken1Por Juliana Colognesi

Seis anos no mercado nacional, inúmeros comerciais inesquecíveis e pioneirismo no marketing de conteúdo tornaram a Heineken a cerveja mais amada pelos consumidores. Mas, por que a holandesa puro malte se tornou uma love brand? Quais fatores ajudaram a marca a ser um sucesso e quanto disso é resultado de um marketing bem feito?

Corte custos, não investimentos

qualioeste_corte_custos1Não corte o oxigênio da sua empresa

Apesar de complexo, o funcionamento do mercado é basicamente construído em cima do comportamento das pessoas que o fazem girar – sejam elas investidores, trabalhadores ou consumidores. Pensando assim, é fácil perceber que os temores e esperanças de cada um ditam muito de como se desenvolve o raciocínio que movimenta a economia.

Como dar mais relevância para a sua marca?

size_810_16_9_top-mind-marcasPor Marília Cardoso

Apareça. Essa é a palavra de ordem na era da informação. Num mundo marcado pela alucinante produção de conteúdo, quem não marcar seu território nessa área, certamente ficará para trás. Contudo, a busca por relevância pode ser muito mais complexa do que parece. Engana-se quem pensa que criar um blog e manter perfis ativos nas mídias sociais seja suficiente.

O cenário atual: crise exige nova postura do empresário

criseVivemos um momento de recessão econômica e queda no faturamento das empresas. O período não é propício para que sejam feitos investimentos em grandes proporções ou escala.

Credibilidade: como anda a sua?

Depositphotos_10731356_sPor Marília Cardoso

Basta abrir os jornais para ver nomes de empresas e pessoas serem jogados na lama. As notícias sobre corrupção ganharam um espaço cativo na mídia e, com isso, a preocupação com a credibilidade e reputação ganharam uma importância antes inimaginável. Cuidar do seu nome ou da sua marca se tornou algo vital para sua sobrevivência ou a dos seus negócios.