Baggio Café completa 7 anos

Baggio Café 14 de setembro de 2012

Mesmo em tão pouco tempo, a empresa já possui boas histórias para contar

Certamente o imigrante italiano Salvatore Baggio não imaginava que a história que ele começou timidamente em 1886 iria tão longe e renderia tantos frutos. Salvatore é bisavô de Liana Baggio Ometto, hoje uma importante empresária do ramo cafeeiro, fundadora da Baggio Café.

Em setembro de 2005, há exatos sete anos, a herdeira de uma respeitosa plantação de cafés decidiu dar um novo e importante rumo para os negócios da família. Até então, as fazendas produziam e vendiam os grãos em seu estado verde, como commodities.

O desafio era lançar uma marca de cafés gourmet torrados para conquistar os consumidores brasileiros, visto que as estatísticas de consumo de cafés finos no Brasil vinham aumentando consideravelmente. E para desenvolver os blends, Liana convidou o renomado classificador, degustador e barista, Clodoaldo Iglezia, para atuar no desenvolvimento de produtos que representassem toda a característica da marca e dos sentimentos que ela deseja transmitir. Com certeza um desafio e tanto!

Com a crise internacional e a ascensão da classe média brasileira, a empresa que até então chamava-se Baggio Coffees, porque somente exportava cafés verdes de alta qualidade produzidos em suas plantações, rapidamente analisou e alterou sua rota. Tornou-se Baggio Café – tão brasileira quanto seus produtos. Daí em diante, foi apurando seus aromas e sabores para conquistar cada vez mais o paladar de seu próprio povo.

Aumentou o portfólio e hoje possui um respeitável número de produtos originados nas melhores regiões para cultivo do país: o Sul de Minas, Alta Mogiana e Cerrado Mineiro. Incansável e ávida por novidades, trouxe do exterior a tendência em cafés aromatizados. Lançou a linha Baggio Aromas que, entre outros sabores, possui a inusitada e brasileiríssima versão Açaí.

As exportações não foram deixadas de lado. A empresa continua levantando a bandeira do Brasil dentro e fora das nossas fronteiras tupiniquins. Foram exportados vários quilos de cafés especiais para os Estados Unidos e Chile. Recentemente, até os conservadores chineses, conhecidos pela tradicional cultura do chá, estão se rendendo aos saborosos cafés da Baggio.

E é com este jeitinho bem brasileiro, de conversa doce, recepção agradável e cativante que a Baggio Café vem crescendo ao longo desses sete anos. Em média, a empresa registra um crescimento de 80% ao ano, quase que dobrando de tamanho a cada doze meses.

Para acompanhar esse ritmo, só com muito fôlego. Ano passado, a empresa fez investimentos que ultrapassaram a ordem de um milhão de reais na unidade fabril, triplicando sua capacidade produtiva.

Mas, muito mais relevante que seus números, são suas pessoas. A Baggio Café sempre preservou sua origem familiar e, mesmo não tendo parentes na administração da empresa, o clima de irmandade se perpetua entre velhos e novos funcionários e parceiros. Quem chega sempre deseja ficar.

Da mesma maneira, quem experimenta seus produtos, sente não apenas o aroma e o sabor de suas bebidas, mas principalmente todos esses sentimentos que se misturam e contagiam cada grão de café que passa pela empresa. Na xícara, o consumidor encontra uma boa dose de profissionalismo, ética e, acima de tudo, muito carinho, respeito e amor pelo que se faz. Definitivamente, um café apaixonante!

Sobre a Baggio Café:
www.baggiocafe.com.br
(19) 3544 3084
 
Informações para a imprensa:
Marília Cardoso
marilia@informamidia.com.br
(11) 2834 9295/ 8491 3527

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>