Artigo – Feriado prolongado: como gerenciar melhor seu tempo

M&S 24 de abril de 2012

Por Elaine Lombardi

Semana que vem teremos uma bela pausa. Com o feriado de dia do trabalho na terça-feira, muitos só retomarão as atividades na quarta, deixando a semana curtíssima. O que parece um alívio para uns, pode significar o desespero para outros.

Se já temos a sensação que oito horas de trabalho diários, cinco vezes na semana não são suficientes para darmos conta de tudo o que temos para fazer, imagine então uma semana limitada a três dias?

O tempo é algo que sempre permeia nossos pensamentos. Quantas vezes nos pegamos pensando como seria bom ter mais tempo para realizar nossas atividades e o quanto faríamos em prol de nós mesmos se o tempo permitisse. Ah… doce ilusão!

Nas minhas andanças, tenho feito uma pergunta básica aos treinandos e clientes e a grande maioria responde: “faria melhor tal atividade se tivesse mais tempo”, ou então, “não posso fazer mais nada, pois o tempo é curto”. Está aí outra grande ilusão.

O dia tem 24 horas para todos e em todos os lugares do mundo, mas não é incomum acharmos que podemos esticá-lo e encaixar nossas necessidades durante esse período. Por muitas vezes parece pouco e simplesmente não nos damos conta de que cada segundo é extremamente valioso e útil na correria do dia a dia.

Por exemplo, o que você programou para fazer amanhã? Agora imagine que hoje você foi ao médico e ficou sabendo que tem pouco tempo de vida. Como fica sua programação para amanhã? Não dá para esticar o tempo, mas vivemos como se o tempo não tivesse limites.

A verdade é que o tempo é um bem socializado e atualmente chega a ser considerado objeto de luxo. Segundo Domenico de Masi, famoso escritor italiano e autor de “O Ócio Criativo”, se traçarmos um paralelo entre o passado e hoje, veremos que no passado, o luxo era representado por dinheiro, carros e barcos. Hoje as coisas raras são, sobretudo o tempo, o espaço, o silêncio, a autonomia e a segurança.  Esses são os grandes luxos para o século 21 e para usufruir os mesmos, temos que entender o que é o tempo afinal.

O tempo é um movimento constante e contínuo e tem como características, ser limitado, inelástico, perecível, irreversível e equitativo. Portanto, gerir o tempo é auto administrar-se, e isto significa tomar decisões duras e ter disciplina para implementá-las, fazer as coisas certas, que lhe ajudarão a atingir resultados, conseguir fazer mais em menos tempo e poder controlar o tempo com qualidade de vida.

Os estudos nos mostram que ter uma boa administração do tempo é um desejo da grande maioria das pessoas, mas sabemos que existem facilitadores e dificultadores neste processo. E você, quantas vezes já pensou ou disse: “depois eu faço”. Posso arriscar que isso já ocorreu algumas centenas de vezes com todos nós, mas não exatamente porque queremos deixar para depois, mas porque somos induzidos a agir desta forma.

O nome deste comportamento é procrastinação, um termo que vem do latim procrastinatione, que é o ato de adiar, delongar, espaçar ou, simplesmente, transferir para outro dia, o que geralmente nos transmite falso conforto, ansiedade, depressão ou até conflitos na equipe. E o que podemos fazer para fugir desta armadilha? Em primeiro lugar, lutar e vencer o desejo de deixar para depois. Uma saída para fugir da procrastinação é seguir a velha máxima: não deixe para depois o que você pode fazer agora.

E o que dizer das usuais urgências presentes no nosso dia a dia? Já parou para pensar que quando algo urgente lhe é solicitado, provavelmente alguém falhou neste processo? Ou seja, em algum momento, algo não foi feito e depois desencadeou uma urgência.

Portanto, use seu tempo com prazer e decida como! Já sabendo que a próxima semana será mais curta, planeje todas as atividades que precisam ser adiantadas. Assim você pode curtir os dias de folga com a família e retornar ao trabalho mais relaxado, em vez de preocupado com o que o deixou de ser feito.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Elaine Lombardi é psicóloga e consultora da M&S, consultoria especializada em desenvolvimento humano.

Sobre a M&S:
www.msdh.com.br
(11) 5181 3803
 
Informações para a imprensa:
InformaMídia Comunicação
Marília Cardoso
marília@informamidia.com.br
(11) 2834 9295/ 8491 3527

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>