Alexandre Colombo recebe prêmio de Projeto Mais Sustentável da Casa Cor Campinas 2010

Clientes, Infibra, Novidades 15 de setembro de 2010

Designer de interiores destaca-se pelo uso de materiais eficientes e de baixo impacto ambiental

O tema construção sustentável parece muito na moda, mas poucos são os que realmente conseguem agregar este conceito às suas obras. Alexandre Colombo, biólogo e designer de interiores, mostra que com conhecimentos avançados em ecologia é possível sim desenvolver projetos que saiam da mera estampa verde. A prova está na Casa Cor Campinas, evento que reúne mais de 30 ambientes decorados. Entre eles, o Espaço Prive, criado por Colombo, que conquistou o prêmio de Projeto Mais Sustentável da Casa Cor Campinas 2010.

Colombo desenvolveu um SPA tendo a sustentabilidade como alvo central. O espaço, de cerca de 20 metros quadrados, é um exemplo da tendência em construção ecologicamente correta. A estrutura utiliza o sistema steel frame, tendo fechamento com placas cimenticias. As placas, da linha Econoflex da Infibra, empresa com mais de 40 anos de atuação no segmento de fibrocimento e polietileno, são ótimas sugestões para reduzir o tempo da obra, o custo da mão de obra e principalmente do material de construção. “É possível construir um prédio de até quatro andares utilizando essas placas”, assegura. Além disso, elas são resistentes a impactos, à umidade, são incombustíveis (não pegam fogo) e proporcionam isolamento térmico e acústico.

A cobertura do local utiliza também telhas Econoflex. Essas telhas, produzidas com cimento, pva e celulose, aparecem como uma opção às telhas de fibrocimento convencionais. O grande diferencial da matéria-prima é proporcionar telhas resistentes, de fácil manuseio e instalação, adaptáveis para diferentes tipos de construções. “O produto é realmente muito eficiente, atendendo a todos os requisitos de desempenho necessários”, confirma o especialista.

No interior do ambiente, Alexandre Colombo consegue transmitir a pureza e sensação de relaxamento típica de um SPA. “A inspiração vem dos elegantes e modernos clubes adultos e SPAs nova iorquinos, onde o predomínio dos tons de preto e roxo trazem a atmosfera aconchegante”, explica. O ar circula livremente entre as laterais do estande, cercadas por paredes verdes, criando uma ventilação embalada pela brisa natural.

A iluminação é em LED, sendo 100% suprida pelos painéis solares acoplados no exterior do ambiente. No chão, o piso é em madeira de demolição. Os móveis – bancos e mesa de centro – são produzidos com madeira certificada. No canto, uma banheira de hidromassagem que caracteriza perfeitamente o conceito de um SPA. “O objetivo foi mostrar como é possível criar um projeto ecologicamente correto, sem deixar de lado sua funcionalidade e principalmente harmonia entre conforto e bem-estar”, detalha o criador. Outra curiosidade importante é que todo o material utilizado no ambiente foi produzido a no máximo 500 km de distância de onde está localizada a exposição.

Por fim, a boa notícia é que a obra de Colombo possui neutralização total do carbono emitido na construção e na vida útil do estande durante toda a mostra – que vai até 12 de outubro. O lixo produzido no espaço foi concentrado em apenas um metro cúbico, sendo o restante de materiais totalmente reutilizáveis. “Foi uma maneira bem simples e didática de mostrar que é possível desenvolver projetos que atendem a apelos ecológicos sem perder as especificidades e beleza de cada ambiente”, finaliza Colombo.

Serviço:

Casa Cor Campinas 2010

Royal PalmPlaza Resort Campinas
Avenida Royal Palm Plaza, 277 – Jardim NovaCalifórnia – Campinas – SP

Informações: www.casacor.com.br/campinas

Ambiente Alexandre Colombo: Box 30

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>